workshop dE
cHI kUNG PARA GESTÃO eMOCIONAL

CURSOS E WORKSHOPS

O Chi Kung, também conhecido como Yoga Taoista, cultiva o corpo, a mente e o espírito. De acordo com a ciência, a prática regular de Chi Kung promove saúde, longevidade e um estado mental de serenidade.

 

Neste workshop venha aprender Chi Kung para gerir os estados emocionais, conseguindo dessa forma um equilíbrio harmonioso no organismo e bem-estar geral.

 

Com mais de 2.500 anos, usado pela Medicina Chinesa, o Budismo, o Taoismo e as Artes Marciais, o Chi Kung é a ação de nutrir a saúde através da coordenação de movimentos corporais com respiração. É indicado para todas as pessoas, desde crianças a octogenários.

 

Alguns dos benefícios cientificamente provados da prática regular de Chi Kung:

  • Aliviar o stress e promover equilíbrio;

  • Melhorar o sistema imunitário e proteger contra o cancro;

  • Melhorar o funcionamento cardio-pulmonar;

  • Fortalecer os órgãos;

  • Prevenir lesões de ligamentos, ossos e articulações;

  • Relaxar e promover o desenvolvimento dos músculos;

  • Acelerar o tempo de recuperação de lesões e operações;

  • Melhorar a longevidade e a vitalidade

 

“O Qigong ou Chi Kung cultiva o nosso corpo através de movimentos físicos e desenvolve em nós consciência mental. Também podemos fazer meditação regularmente para nutrir o nosso interior. Com uma prática consistente de meditação que pode ser tão simples como exercícios de respiração, nós podemos cultivar mindfulness e clareza para lidar com as nossas emoções de forma saudável. Através da meditação, nós desenvolvemos a equanimidade para aceitar as circunstâncias insatisfatórias da nossa vida com compaixão e bondade.”

Dr. Xiaolan Zhao

 

 

As origens do Chi Kung são:

  • Xamanismo Chinês: ligado à conexão do ser humano com a natureza;

  • Taoismo: através da prática consistente de Chi Kung acreditava-se que o espírito e o corpo se mantinham em equilíbrio, semeando harmonia entre Yin Yang;

  • Budismo: certos tipos de Chi Kung foram desenvolvidos por Budistas para complementar as suas meditações sentados com movimentos que promovessem serenidade e consciência;

  • Medicina Tradicional Chinesa: o Chi Kung promove a saúde interna, pelo que é uma prática recomendada por médicos como medida de prevenção e/ou meio restaurativo do equilíbrio geral do organismo, sendo que alguns exercícios destinam-se a fortalecer órgãos específicos;

  • Artes Marciais: visto que a prática de Chi Kung melhora significativamente a performance, os praticantes de artes marciais desenvolveram algumas formas de Chi Kung para apoio dos seus treinos para progredir física e mentalmente.

 


Facilitadora: Natália Costa